Dicas de fortalecimento muscular para fazer na academia

Dicas de fortalecimento muscular para fazer na academia

Alguns exercícios específicos podem fazer a diferença para uma musculatura forte e diminuição da fadiga durante a prática do esporte. O fortalecimento muscular deve fazer parte da rotina do ciclista que busca evoluir em seus treinos e competições.

Que o ciclismo vai muito além do que apenas pedalar nós já sabemos, mas alguns praticantes ainda deixam de lado o importante momento de fortalecimento do corpo, que tem como consequência uma performance mais segura e sem danos.

Texto em parceria com Ronaldo Pereira, educador físico da Care Club.

A dedicação ao trabalho de fortalecimento muscular, com foco aos membros inferiores, que são os mais usados no ciclismo, os tornam mais forte e consequentemente diminuindo a fadiga e produzindo maior potência com um menor consumo de oxigênio durante o pedal.

Para um melhor aproveitamento, treinos que ‘concorrem’ entre si não são interessantes, ou seja, não se deve executar uma sessão de musculação antes ou logo após um treino intenso de ciclismo. A musculação encaixa melhor nos dias de day off (dias em que você não vai pedalar), ou de quatro a cinco horas após um treino leve/moderado, caso tenha sido feito um esforço intenso/pesado o intervalo ideal é de 1 dia.

Nada de querer fazer um treino forte em cima da bike após algumas horas da musculação. Venha conhecer a sua próxima Bike de Estrada na Semexe!

Já existem estudos comprovando que no período de base, de 12 a 16 semanas antes do período competitivo, o indicado é que o atleta realize duas ou três sessões de musculação por semana e durante o período competitivo em si, execute pelo menos uma sessão por semana.

“Em relação aos treinos de ciclismo, isso varia muito de acordo com a experiência e característica de cada atleta. Para amadores, iniciantes e intermediários a indicação é, normalmente, entre oito a dez horas semanais. Já para os mais experientes, é de quinze a vinte horas semanais.”

Ronaldo Pereira, educador físico da Care Club

Dica do profissional de Educação Física para fortalecimento muscular

Entre os exercícios considerados essenciais aos ciclistas durante o treinamento de força estão os multiarticulares como agachamento livre, leg press, afundo, stiff e cadeira posterior, evitando a execução dos movimentos até a falha concêntrica (fadiga), já que isso atrapalha a recuperação e pode comprometer o treino de ciclismo que é o principal foco do atleta.

Importante: É indispensável a supervisão de um profissional de Educação Física capacitado nestes treinamentos complementares.

Veja também: